terça-feira, 22 de julho de 2014

Quanto custa uma hora do seu tempo?!

Por Pri Kohls

O tempo, aquele velho amigo que, as vezes, nos dá o alento e outras nos “trai”.

Estamos demasiadamente acostumados a fazer coisas no “modo automático” que, dificilmente, paramos para pensar no quão nosso tempo pode afetar a vida de outras pessoas, principalmente daquelas que nos cercam.

Temos tantos afazeres e tudo acontece tão rápido, que quando paramos, a noite cai, já está na hora de dormir e ainda temos coisas para fazer. São tantos “tantos” que nos esquecemos de que nosso tempo não é apenas para coisas, mas também para pessoas, e isso inclui a si mesmo.

Será que um tempinho para olhar em volta é desperdício? Um tempinho para tomar um café com um amigo que a muito não vê. Para ligar, para escutar ou simplesmente para estar com alguém que podemos fazer bem é muito para nossa agenda?

As vezes ficamos tão envoltos em nossos “tantos” que acabamos não fazendo “tanto” como se poderia.
Quem nunca ouviu falar que “uma paradinha para respirar faz com que o trabalho renda mais e melhor”?!

Portanto, dê uma paradinha de vez em quando para fazer algo que te dê prazer, que te faça recordar o porquê se trabalha tanto, o porque temos tantas coisas. Pare 5 minutos para conversar com alguém que te agrade, ou com um desconhecido. Coisas impressionantes podem acontecer em encontros inusitados.

Pare 5 minutos para ouvir de verdade o que as pessoas estão lhe dizendo, não apenas escute, dê atenção, dê o seu tempo. E claro, seu tempo é valioso, então podes escolher muito bem a quem presenteá-lo.

O tempo é uma dádiva que não estamos acostumados a agradecer ou ao menos ver como presente. Estamos tão apressados que, em geral, valorizados aquilo que não temos mais, porque o tempo não nos deixa lembrar-se de dar valor àquilo que temos.

Mas será mesmo que é o tempo que não deixa, ou somos nós que estamos sempre achando que teremos tempo?!

Ter tempo é aprendizado... Aprendizado de vida, de organização e de realização. Mas há tempo para aprender, só não coloque esse aprendizado como último item da lista.

Como diz a canção...

Tempo, tempo, tempo mano velho
Tempo amigo seja legal
Conto contigo pela madrugada
Só me derrube no final


Não espere o final! Conte com o tempo para lhe fazer bem, para ser mais feliz agora com o tempo que lhe foi presenteado!

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Expectativa ZERO

Por Pri Kohls
 
Quem nunca ouviu aquela frase: "não espere nada de ninguém?! 

Essa é uma das frases mais ditas pelos conselheiros de plantão, e de verdade, creio que seria muito útil se possível pô-la em prática.

Vamos pensar um pouco na seguinte situação: você está caminhando pela rua e de repente se depara com algo na vitrine que se parece muito com um amigo e logo pensa, "nossa isso é a cara do fulano"! Com dinheiro no bolso, entra na loja e compra a tal coisa, assim no mais sem pensar muito ou planejar o que seu amigo vai pensar ou dizer. Sai da loja com o presente e com aquela vontade de encontrar o amigo. Ao encontrá-lo lhe entrega o presente e diz que estava passando e... O amigo diz alguma coisa e agradece. Ok, tudo certo! Mas e se, ao receber o presente o amigo não diz nada, não diz "Obrigado". Seria a mesma coisa? 

Com algumas pessoas dizemos que não precisa agradecer ou dizer nada, mas lá no fundo esperamos um retorno, uma palavra, um gesto.

Somos humanos e mesmo dizendo que não esperamos nada, esperamos sim. A expectativa existe, mesmo que inconsciente. Mas então se sempre esperamos, sempre corremos o risco de nos decepcionar. 

Correto! Mas em parte.

A expectativa faz parte de nossa vida, assim como toda ação gera uma reação. 

Acredito que em relação aos sentimentos, nosso maior erro está em "nominar", ou predeterminar, o que se espera ou melhor, antever o que está por vir, o que vamos receber em troca.

O problema não está em esperar, mas sim esperar algo ou algum sentimento específico de outrem. Justamente porque os sentimentos fazem parte dos sentidos e, assim como tal, cada um tem sua percepção e maneira de sentir.

E não quer dizer que exista um jeito melhor ou pior, apenas existem jeitos diferentes de ser e sentir as coisas. E ao invés de tentarmos aprender a não esperar NADA, devemos aprender a esperar aquilo que a pessoa pode nos dar, sem denominações ou predeterminações. Predeterminar sentimentos e reações de outras pessoas é um erro, porque muitas vezes não conseguimos determinar nossos próprios sentimentos, quem dirá antever o que o outro vai sentir.

Não há problema em esperar algo, o problema é esperar somente aquilo que você quer do outro.

As vezes estamos tão preocupados com o "Obrigado" exatamente como esperamos, que não nos damos conta de que existem diversas formas de agradecimentos que nos podem fazer tão bem, ou até melhor, se estivermos liberados daquela expectativa pessoal e que habitualmente é intransferível e, por isso, tão difícil de ser alcançada.

Antes e depois do ZERO existem infinitas possibilidades, então por que ficar com apenas uma, seja esta determinada ou apenas um ZERO de expectativas?

À uma amiga

Coisas ruins

Por Pri Kohls
 
Coisas ruins são momentos que precisamos olhar para perceber o sentido da vida e das coisas. Nem que seja para entendermos que certas pessoas ou coisas não nos servem mais ou então para continuarmos na convicção de que devemos fazer o bem por saber que coisas ruins afetam tão fortemente as pessoas, assim como a nós mesmos.
Infelizmente, na maioria das vezes, fazer o bem nos faz sofrer, mas não nos tira o sono tranquilo. Às vezes, passar por situações ruins ajuda-nos a valorizar ainda mais as pessoas que nos fazem bem e isso não tem preço que pague. Mesmo que seja a partir do sofrimento.
Se está te fazendo mal... CHORA. Mas chora com a intensão de lavar a alma e mandar embora o sentimento ruim. E depois... vá curtir as coisas boas da tua vida, porque aquilo que está te entristecendo é apenas uma parte da sua vida.
Teu trabalho pode ser uma parcela do que tens de belo e do que tens para alegrar-te. Teus filhos, teus amigos, teus conhecimentos, tua casa, teu amor... isso sim merece tua atenção e cuidado.
Então... CHORA, se isso fizer libertar-te dessa dor e te fizer, daqui alguns instantes, desfrutar o lado melhor da vida.
Por mais que não enxerguemos... sempre temos algo melhor mais adiante e, normalmente, no meio da tempestade só vemos raios e trovões (e disso posso falar com propriedade). Não é fácil, nem passar, nem sair da tempestade. Mas tenha certeza que não estás só, mesmo distante, tens pessoas que te amam e que te querem muito bem.

Um conselho:

Caminhe...
Mas caminhe com a ideia de deixar o que pesa para trás e levar a mente para longe, para um lugar, dentro de si, que lhe traga PAZ e te eleve à um estado diferente daquele que te faz sofrer.

domingo, 28 de outubro de 2012

Pode contar sempre comigo



Pode contar sempre comigo...

Por Pricila Kohls

Será que sabemos o que isto significa de verdade quando dizemos tais palavras?
Peguei-me a pensar sobre isto hoje ao acordar e continuo pensando se realmente podemos dizer isto à alguém e cumprir a promessa?!
E isto é estranho... Porque dificilmente nos damos conta disto, e acredito que sempre temos a intensão de estar sempre ao lado.
Porém só quem percebe que a promessa não foi cumprida, é a pessoa que ouve tais palavras e fica na espera do “contar sempre comigo”.

E tudo continua estranho...

Como diz a canção do Nenhum de Nós...
“É estranho como é triste, é estranho como olhar pra trás [...]

[...]É estranho como é simples, é estranho como essa canção

 [...]O que penso a respeito de tudo é estranho...

É estranho como é estranho sussurar o nome.”

[...]Só que esquecimento é tão longo...

Agora penso que devo dizer... “conte comigo”, pois o “sempre” é difícil de cumprir e de existir.

Então...
Conte Comigo!!!

domingo, 12 de agosto de 2012

Psicoterapia e Meditação

A Psicoterapia está utilizando técnicas meditativas, sem cunho religioso, como forma de promoção do bem-estar e qualidade de vida!

domingo, 5 de agosto de 2012

Confiança


Por Pri Kohls 

Confiança?!

Como explicar essa linha tênue que existe em qualquer relação, seja ela de afeto, amor, amizade, trabalho, ...
Confiança é aquela coisa que te faz dar a mão à alguém e seguir em frente, mesmo sem saber muitas vezes onde os passos dados vão te levar.
Confiança é aquela certeza que o coração te dá, quando você fecha os olhos e pensa no que já passou e no que está por vir.
Confiar é creditar no outro algo que é seu, sem cobrança de resultado. Pois quando há confiança, qualquer tipo de cobrança é desnecessária.
Mas atente ao fato que...
Confiança é sempre um processo de construção, de renovação, de entrega... Mas não se engane, pois qualquer um pode perdê-la, seja a confiança creditada ou a confiança ofertada.
Uma ótima semana!
LUZ e PAZ!!!

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Alguns movimentos que o Reikiano deve conhecer

1 – Os movimentos da mão em sentido horário favorece a absorção de prana pelo organismo da pessoa enferma.
2 – Os movimentos da mão em sentido anti-horário favorece a remoção de energia estagnada do organismo da pessoa enferma.
3 – A varredura (passar a mão sobre a aura do enfermo antes de iniciar o processo de energização) tem duas funções:
3.1 – A varredura de cima para baixo causa sonolência na pessoa. Ajuda em pacientes hiperactivos.
3.2 – A varredura de baixo para cima ajuda a pessoa a se reanimar. Ajuda, no término da sessão, para que a pessoa volte ao estado de vigília.
4 – Pontos do corpo físico que transmitem calor estão com excesso de energia. O Reikiano deverá ficar com as mãos nesses locais até que o calor ou a vibração diminua.
5 - Pontos do corpo físico que se encontram gelados estão com falta de energia. O Reikiano deverá ficar com as mãos nesses locais até que o frio diminua ou a vibração aumente.
6 - Limpeza após a sessão: lavar-se, fazer um lanche leve, se possível ter contato com a natureza, realizar uma prece de agradecimento.
Obs.: a prece nunca deve ser realizada com orações decoradas. Deve ser feita com humildade, sinceridade, reverência e concentração.
Saudações Reikianas

Fonte: Mestre Viktor